terça-feira, 29 de maio de 2012

Erro de Português - Oswald de Andrade

Quando o português chegou
Debaixo de uma bruta chuva
Vestiu o índio
Que pena!
Fosse uma manhã de sol
O índio tinha despido
O português


O primeiro verso do poema se refere à chegada dos portugueses ao Brasil.
O ato de "vestir" e de "despir" expostas nos versos acima sugere a relação de poder entre o povo dominante e o povo dominado. Vestindo os indígenas, o colonizador tinha a intenção de impor sua cultura: catequese, língua, vestimentas, etc.
A maneira em que nos vestimos é uma reflexão da influência da sociedade a que pertencemos. As vestimentas de uma população refletem seus hábitos, sua cultura.
O poema refere-se também às condições da chegada dos portugueses: "debaixo duma bruta chuva", que é usada para simbolizar tempos sombrios.



By: Juliana Vieira

4 comentários:

  1. gostei dos comentários, mas precisamos pensar no aspecto antropofágico dos ensinamentos do grande mestre, (mago),o osvald...tirar roupa ou vestir roupa...talvez seria assumir uma cultura imposta pelo colonizador, adoro o sol, creio que eles estão quase nus....não aguentaram a força, a graça, a beleza e a mistura do povo brasileiro...ufa....de ufanismo mesmo, estamos precisados.......


    César Pedroso- Macunaíma Livros

    ResponderExcluir
  2. gostei dos comentários, mas precisamos pensar no aspecto antropofágico dos ensinamentos do grande mestre, (mago),o osvald...tirar roupa ou vestir roupa...talvez seria assumir uma cultura imposta pelo colonizador, adoro o sol, creio que eles estão quase nus....não aguentaram a força, a graça, a beleza e a mistura do povo brasileiro...ufa....de ufanismo mesmo, estamos precisados.......


    César Pedroso- Macunaíma Livros

    ResponderExcluir